fbpx
Sem categoria
MP investiga uso de “laranja” em gestão petista andreense

Ex-secretário de governo petista seria sócio oculto em empresa contratada pela prefeitura de Santo André   Segundo

21/01/2019 10h56

Ex-secretário de governo petista seria sócio oculto em empresa contratada pela prefeitura de Santo André

 

Segundo investigações do MP (Ministério Público), Arlindo José de Lima, ex secretário de governo na gestão de Carlos Grana (entre 2013 – 2016),  teria utilizado “laranja” com o objetivo de ocultar os reais proprietários de empresas que tinham contratos com a Prefeitura de Santo André. As investigações apuram uso de sua influência politica em benefício de empresas com as quais o ex secretário tinha relações.

Esta sendo apurada a ligação de Arlindo com a empresa DB Estacionamentos, que em 2013 iniciou prestação de serviços junto a CRAISA (Companhia Regional de Abastecimento Integrado de Santo André.

A DB Estacionamentos esta em nome de Carlos Eduardo Catalane, gerando fato suspeito, uma vez que ao deixar de fazer parte do Governo Carlos Grana, o então ex secretario abriu uma empresa chamada Cabloco Ball, cujas atividades iniciaram em 2017. A Cabloco Ball foi estabelecida inicialmente, segundo cadastro da junta comercial, no mesmo endereço da DB Estacionamentos, na Rua Gertrudes de Lima, 281, mudando-se posteriormente para outro endereço ma mesma Rua, sob o numero 356, onde Catalane, também havia utilizado para sede de outra empresa na qual era sócio.

Uma lista de empresas que à época tiveram contratos prorrogados ou estendidos emergencialmente, como: Roax Estacionamentos, Montagens Phoenix, Taxto Locadora de bens e PCs Tecnologia e Locação também estão apontadas em documentos em posse dos promotores.

A Denúncia relata que a utilização do mesmo endereço da empresa de Arlindo, de empresas como a DB Estacionamentos e envolvimentos das empresas citadas Taxto, que tem relações por parte dos proprietários com a Prisma e PCs Tecnologia e Locação, faz-se presumir o elo entre Arlindo e tais empresas, que aponta possível processo licitatório direcionado junto ao poder municipal, sugerindo assim prévio ajuste para obtenção dos contratos.

Arlindo José de Lima e Carlos Eduardo Catalane negam o vinculo, apontam perseguição. Catalane não ve ilegalidade na utilização da Cabloco Ball do endereço que era dividido com usa empresa a DB Estacionamentos, Arlindo por sua vez, alegou que foi por pouco tempo e brevemente mudou sua sede, assim que tramites da prefeitura foram sanados.

 

Coordenador MBL Santo André / MBL Grande ABC / MBL Nacional, Defensor da liberdade econômica, ativista politico e Blogueiro.