fbpx
Análise Econômica
Lei Orçamentária de 2019 de São Caetano autoriza maior gasto da história

1,53 bilhão de reais, esse é o valor total autorizado pela Lei Orçamentária Anual para gastos públicos

13/02/2019 14h13

1,53 bilhão de reais, esse é o valor total autorizado pela Lei Orçamentária Anual para gastos públicos em 2019, o maior da história do Município. Entre os maiores aumentos estão as despesas com o SAESA, empresa municipal responsável pelo saneamento e limpeza pública. A LOA de 2019 prevê gastos de 232 milhões de reais com a empresa, um aumento de 27,34% em relação a 2018 e de 93,68% em relação a 2017.

Em 2018, a gestão de José Auricchio e a Câmara de Vereadores não atenderam a reclamações de grupos organizados de munícipes que pediam o fim da taxa do lixo, cujo dinheiro é destinado ao SAESA. Essa empresa é conhecida por pagar super salários de até 50 mil reais a seus funcionários, como mostra o site Cidade em Números: https://cidadeemnumeros.com.br/2018/01/04/salarios-brutos-medios-no-dae-saesa-em-2017, porém a administração municipal continua aumentando os recursos destinados à ela.

Apesar de São Caetano ser um dos municípios com maior arrecadação per capita do país, o orçamento de 2019 prevê gastos de mais de 10 milhões de reais apenas com Amortização e Refinanciamento de Dívida Municipal. Em 2019, o Prefeito José Auricchio Jr teve as contas de sua gestão de 2012 rejeitadas pela segunda vez pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo e a Câmara de vereadores da cidade tem até 15 de abril para julgar novamente o parecer do TCE.

Colaboração e análise técnica do Dr. Bruno Buscariolli, em liberdade econômica que também integra o MBL Grande ABC/São Caetano do Sul.

Coordenador MBL Santo André / MBL Grande ABC / MBL Nacional, Defensor da liberdade econômica, ativista politico e Blogueiro.