fbpx
Sem Categoria
Ladrão que teve tatuado na testa “eu sou ladrão e vacilão” é detido após furto em SBC

Ruan Rocha tentou furtar pertences de funcionários da UPA – Silvina no bairro de Ferrazópolis em SBC

14/02/2019 09h56

reprodução Youtube

Ruan Rocha tentou furtar pertences de funcionários da UPA – Silvina no bairro de Ferrazópolis em SBC

Ruan Rocha da Silva, 19 anos, foi preso na madrugada de hoje (14) após furtar objetos pessoais de funcionários da Unidade de Pronto Atendimento – UPA em São Bernardo do Campo. O ladrão estava com a blusa de um funcionário da unidade. Foi conduzido ao 1º Departamento de Polícia de São Bernardo do Campo e será conduzido para audiência de custódia.

Ele ficou conhecido, em 2017, em um vídeo que se tornou viral, em que aparece com a testa tatuada com a frase “eu sou ladrão e vacilão”. A tatuagem foi feita pelo tatuador Maycon Wesley Carvalho dos Reis e pedreiro Ronildo Moreira de Araújo, que conseguiram prende-lo após uma suposta tentativa de roubo de uma bicicleta de uma pessoa que trabalhava no farol e que divulgaram o vídeo na internet. Na época ele era menor. Os tatuadores foram denunciadas pelo crime de tortura e presos.

Não é a primeira vez que Ruan Rocha prática crimes após a divulgação do vídeo da tatuagem. Ele foi preso em 24 de abril do ano passado após furtar cinco frascos de desodorante de um supermercado na região de Mairiporã. Na época estava internado em uma clínica de reabilitação de dependência de drogas. Após o pagamento de fiança de R$ 1 mil, foi liberado e disse que iria seguir com o tratamento.

Correspondente do MBL News no ABC.