fbpx
Sem Categoria
Investigação no caso do mensalinho de Santo André prossegue

O arquivamento do inquérito se limitou à apuração de irregularidade em concessão de alvará, segundo novas informações

28/01/2019 12h17

O arquivamento do inquérito se limitou à apuração de irregularidade em concessão de alvará, segundo novas informações

O Ministério Público investigava duas denúncias contra o Ex-Secretário de Governo Arlindo José de Lima. Uma denúncia era dirigida à averiguação de exploração indevida de área pública concedida à “Casa Esperança” que locou o espaço para outra pessoa jurídica. Outra denúncia era de pagamentos de valores mensais a políticos da cidade, denominado Mensalão, durante a gestão municipal do Ex-Prefeito Carlos Grana (2012/2016), em que o investigado ocupava o cargo de secretário executivo, conforme revelado pela equipe de jornalismo da Rádio CBN.

O relatório elaborado pelo GAECO ABC- Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado submetido ao juiz da 3ª Vara Criminal tratava das duas denúncia. Porém, o pedido de arquivamento se referia apenas à licença do espaço e exploração indevida, em que não foram obtidos elementos probatórios de corroboração da denúncia.

O Ministério Público manterá a investigação acerca do suposto esquema pagamentos a políticos em Santo André.

Correspondente do MBL News no ABC.