fbpx
Grupo Caoa - Aquisição
Grupo Caoa compra fábrica da Ford em São Bernardo do Campo

Estima-se que o valor pela aquisição gira em torno de 1 bilhão de reais

04/09/2019 15h05

SÃO BERNARDO DO CAMPO – O Grupo Caoa anunciou ontem (3), a compra da fábrica da Ford em São Bernardo do Campo. O negócio foi divulgado durante um evento no Palácio dos Bandeirantes pelos presidentes da Ford América Latina, Lyle Watters, e da Caoa, Carlos Alberto de Oliveira Andrade, com a presença do governador João Dória.

Ainda não há informações sobre o valor ou detalhes da transação, mas, fontes do mercado afirmam que o investimento da Caoa na aquisição será cerca R$ 1 bilhão, piso necessário para que a operação consiga receber os benefícios fiscais do programa estadual IncentivAuto, lançado em março por João Dória que oferece isenção de até 25% do ICMS. A operação deve ser concluída até outubro, mês que decretaria o fim das atividades da montadora no ABC antes de ser adquirida pela Caoa.

Desde o início do ano, a Ford vem anunciando que iria fechar a fábrica de São Bernardo do Campo. De acordo com a fabricante, a decisão foi tomada como parte da reestruturação que a empresa vem adotando durante os últimos anos.

NEGOCIAÇÕES ENTRE CAOA E CHANGAN AVANÇAM

Resultado de imagem para carros da changan
Minivan da Changan no Salão do Automóvel em Xangai

A compra da fábrica da Ford, em São Bernardo do Campo pela Caoa, já tem objetivo definido: produzir automóveis da Changan. Na cerimônia para anunciar o negócio entre o grupo brasileiro e o norte-americano, no Palácio dos Bandeirantes ontem (3), havia pelo menos dois representantes da marca chinesa. Um deles, que preferiu não se identificar, deixou escapar que há uma comitiva da empresa no Brasil acertando os detalhes da parceira.

Vale ressaltar que a Caoa assumiu há dois anos as operações da Chery no Brasil. Em novembro de 2017, o grupo brasileiro, que já detinha as marcas Subaru e Hyundai (com exceção das linhas de veículos HB20 e Creta) e comprou metade da operação da marca chinesa, ao custo de US$ 60 milhões e passou a chamar-se Caoa Chery.

A compra da Chery pela Caoa incluiu uma fábrica em Jacareí (SP), a única da empresa chinesa no Brasil. Na planta paulista, são feitos o sedã Arrizo 5 e o SUV compacto Tiggo 2. Na unidade de Anápolis (GO), construída pela Caoa, são fabricados três modelos da Hyundai (o caminhão HR e os SUVs IX35 e New Tucson) e dois da Caoa Chery (os SUVs Tiggo 5X e Tiggo 7). Em breve, a unidade passará a fabricar o Tiggo 8. O lançamento está previsto entre dezembro de 2019 e início de 2020.

(Fontes: Poder360 e O Estado de S.Paulo)

NÃO VAI TER GOLPE – O Nascimento de Um Brasil Livre, em SBC. EVENTO GRATUITO. É necessário adquirir a gratuidade do ingresso acessando: www.sympla.com.br

A imagem pode conter: texto

Evento Gratuito.

Estudante de Letras, são-paulino, fã de System of a Down, devoto de São Dostoiévski (o maior escritor-filósofo do mundo). Intrínseco a mim: Política, Jornalismo, Filosofia e Sociologia. Sou MBL com muito orgulho.