fbpx
Sem categoria
Fantasma da falta de água volta a assombrar Santo André

Bairros de Santo André voltaram a sofrer com falta de abastecimento de água, com escassez na distribuição

23/01/2019 08h52

Bairros de Santo André voltaram a sofrer com falta de abastecimento de água, com escassez na distribuição

A Cidade já teve uma crise de abastecimento entre os anos de 2014 e 2016, na ocasião a SABESP enviava uma vazão de água inferior ao ideal, que era de 2.2 mil litros de água por segundo. Na época era especulado que a redução se dava em retaliação a uma dívida que havia superado  R$ 3 bilhões. Situação que foi contornada no início da Gestão de Paulo Serra, que teria feito um acordo com a fornecedora.

Tal dívida continua sendo um problema aos cofres do município, já que a cidade não dispõe de recursos financeiros suficientes para quitação da mesma, e vem demonstrando dificuldades em resolver o caso junto a SABESP.

A SEMASA (empresa municipal), afirma que vem recebendo uma vasão de 1.3 mil litros por segundo, portanto abaixo do ideal, o que é negado pela SABESP que afirma enviar 2.17 litros por segundo, o que seria suficiente para a demanda. A fornecedora relata ainda que ocorreu problema em uma adutora do sistema Rio Grande, que afetou de fato as cidades de Santo André e São Bernardo, mas que já havia sido normalizado ainda no final de semana.

A prefeitura se manifestou no inicio da semana e previu a normalização total até a noite da ultima terça feira, 22.