fbpx
Justiça
Cassação próxima? MP pede condenação de Auricchio

Processo em fase de alegações finais, MP pede a cassação do prefeito de SCS e a devolução

01/02/2019 19h01

Processo em fase de alegações finais, MP pede a cassação do prefeito de SCS e a devolução de R$ 350 mil

O Repórter Diário teve acesso e publicou o pedido de condenação do prefeito Auricchio e seu vice Beto Vigoski, ambos do PSDB, perante a Justiça Eleitoral.

Nas alegações finais, a promotoria eleitoral reafirma a existências de provas contra Auricchio que teria recebido doações ilegais em sua campanha à Prefeitura em 2015.

Seriam doações dissimuladas no valor de R$ 350 mil por Maria Alzira Correia Abrantes que manifestamente não tinha capacidade econômica para tanto. Os rendimentos da doadora eram de R$ 2.892,30 de benefício do INSS de pensão.

Consta que foram repassado a ao caixa do partido municipal o valor supostamente doado de R$ 160 mil.

Após as alegações finais o processo seguirá para julgamento.

Se condenados, os réus seriam cassados e ficariam inelegíveis por 8 anos, além de ter de pagar os valores a União.

Tambem há investigação de doação suspeita que teria relação com o caso.

 

Correspondente do MBL News no ABC.