fbpx
Politica Regional
Câmara de Mauá vota impeachment de Átila Jacomussi

Votação será realizada hoje, 18, e definirá a permanência de Átila Jacomussi (PSB) na Prefeitura de Mauá

18/04/2019 12h41

Votação será realizada hoje, 18, e definirá a permanência de Átila Jacomussi (PSB) na Prefeitura de Mauá

A Câmara de Mauá votará nesta quinta feira, 18, o pedido de impeachment do Prefeito do Partido Socialista Brasileiro, por vacância do cargo. A acusação relativa à quebra de decoro está suspensa por força de liminar concedida pelo Tribunal de Justiça de São Paulo e não será votada nessa sessão.

A acusação que pesa contra o prefeito é de ter se ausentado do cargo no período em que permaneceu preso durante a Operação “Trato Feito” sem obter licença do cargo, o que configuraria a vacância, que autoriza o impeachment.

O prefeito se defende alegando que o afastamento não ocorreu por sua iniciativa, mas por ordem judicial, além de ter avisado a Câmara.

O público teve acesso às galerias para acompanhamento dos trabalhos. Há 200 pessoas presentes. O efetivo da Guarda Municipal com cerca de 40 agentes foi convocado para evitar tumultos.

Estão presentes 22 vereadores, com ausência apenas de Gil Miranda (PRB), que teve de prestar assistência a sua mãe, como justifica.

Correspondente do MBL News no ABC.