fbpx
Educação
Secretária de Educação de Carmo do Rio Verde – GO será desligada do cargo por acúmulo de funções

Recomendação foi feita pelo Ministério Público de Goiás

03/05/2019 17h28

Decisão foi tomada após reunião realizada hoje (2/5) entre promotor de justiça Marcos Alberto Rios e prefeito de Carmo de Rio Verde – GO, Delson José dos Santos. MP questionou a legalidade na ocupação do cargo já que ela também é professora da rede pública estadual, o que afronta expressa disposição da Constitucional Federal contida no artigo 37, inciso XVI.

Segundo informações do próprio site do órgão, município está disposto a atender à recomendação, todavia, alegou que o desligamento abrupto da secretária, no meio do semestre, acarretaria prejuízos ao bom andamento do serviço público, comprometendo os próprios alunos, professores e servidores em seus interesses.

Sensibilizado pelas colocações do município, o promotor de Justiça, então, conseguiu chegar a um acordo, no sentido de que o município acolhe, desde já, a recomendação. Márcia Pereira permanecerá no cargo por mais 60 dias, prazo esse que possibilitará ao prefeito identificar um novo profissional para a sua substituição sem prejudicar o andamento da administração na área educacional até o final deste semestre.

Da terra do pequi, 26 anos, professora, parte da coordenação do MBL-GO, liberal convicta e entusiasta política. Nas horas vagas: canto, bordo, faço crochê e viajo na maionese.