São Paulo
Vitória! Complexo Esportivo do Pacaembu é finalmente privatizado

A concessionária Allegra Pacaembu assumirá oficialmente a administração do Complexo Esportivo do Pacaembu pelos próximos 35 anos.

27/01/2020 16h46 - Por Antonio Glenio

A empresa vencedora da licitação terá de investir cerca de R$ 300 milhões durante o período da concessão
Complexo Esportivo do Pacaembu – Foto: Folha

A concessionária Allegra Pacaembu assumirá oficialmente a administração do Complexo Esportivo do Pacaembu pelos próximos 35 anos. A concessão foi assinada pelo prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), em 2019, mas a empresa assumiu apenas nesse ano.

Para vencer a licitação, a Allegra Pacaembu depositou a quantia de R$ 79.2 milhões. Ainda há um débito de R$ 32 milhões e a obrigação de se investir R$ 300 milhões durante o período de concessão.

Trata-se de um importante passo para o equilíbrio das contas do município visto que o Complexo Esportivo gera graves prejuízos aos cofres públicos da cidade. Em 2017, o Pacaembu apresentou um déficit de RS 5.9 milhões.

Desta forma, é importe lembrar de uma das máximas do ex-presidente americano, Ronald Reagan: “Quando uma pessoa ou empresa gasta mais do que arrecada, vai à falência. Quando um governo gasta mais do que arrecada, ele te manda a conta”. Agora, o que costumava ser um peso para todos os paulistanos, passa a ser a responsabilidade de uma empresa privada que precisará fazer o estádio dar lucro, caso o contrário, eles que terão de arcar com o prejuízo.

Revisores: Lucas Mehero e Cynthia Capucho.

Fonte: Folha