fbpx
Destaque » Goiás
Veja quem são os goianos que podem se beneficiar com a decisão do STF

O tribunal de Justiça de Goiás informou que a decisão do STF pode beneficiar 170 réus que estão presos atualmente por condenação em segunda instância em Goiás. Dentre eles Carlinhos Cachoeira, Delúbio Soares e Junquinha.

08/11/2019 14h01

Com a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) contra a prisão em segunda instância, alguns goianos condenados por corrupção também serão beneficiados. O tribunal de Justiça de Goiás informou que a decisão do STF pode beneficiar 170 réus que estão presos atualmente por condenação em segunda instância em Goiás. Dentre eles podemos citar Carlinhos Cachoeira, Delúbio Soares e Junquinha.

Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, já havia sido condenado em segunda instância. Através da Operação Monte Carlo, deflagrada em 2012, o TRF-1 manteve em julho deste ano a condenação de Cachoeira em 36 anos de prisão, pela operação ilegal de jogos.

Delúbio Soares também já havia sido condenado em segunda instância no caso do mensalão. Ele começou a cumprir pena de 6 anos em maio do ano passado, e este ano conseguiu o regime “semiaberto harmonizado” e usa tornozeleira eletrônica. O advogado de Delúbio, Pedro Paulo de Medeiros, já protocolou ontem (7) o pedido de suspensão da execução da pena, e se o pedido for acatado ele poderá retirar até a tornozeleira.

José Francisco das Neves, o Junquinha, condenado em janeiro de 2017 pela Justiça Federal de Goiás na Operação Trem Pagador. Ele ainda aguarda julgamento pelo TRF-1 mas também será beneficiado. Foi condenado a 10 anos de prisão por lavagem de dinheiro e formação de quadrilha na época em que comandou a Valec, uma estatal federal que foi responsável pela Ferrovia Norte-Sul (aquela que demorou 30 anos para ser finalizada). É alvo também de outras 6 denúncias em Goiás.

Química Industrial, Tatuadora, Desenhista, Cristã Reformada e aspirante a Teóloga.