São Paulo
UTI Pediátrica do HGA é fechada por falta de médicos.

A justificativa da administração para fechamento é a falta de médicos contratados para atender os pacientes.

03/02/2020 14h12 - Por Lucas Filgueira

Hospital Guilherme Álvaro em Santos teve UTI pediátrica fechada(Foto:www.ataqueaoscofrespublicos.com)

A UTI Pediátrica do Hospital Guilherme Álvaro foi fechada, segundo a justificativa da administração, por falta de médicos. Essa justificativa é verdadeira, mas onde estava a visão de gestor-empreendedor do Governador de SP, que se declara como tal, que não se antecipou a isso e evitou o fechamento da UTI?

Existe a opção de contratação emergêncial para problemas como esse(prevista em lei). Seria o correto a se fazer, pois se colocam vidas em risco ao se fechar uma unidade de referência na Baixada Santista e o direito a vida se sobrepõe a qualquer outra legislação no nosso texto constitucional.

O que esperar de um gestor, que deixa uma UTI pediátrica fechar por falta de médicos e que tem pretensões de governar o Brasil ? Se não consegue prever e gerir um déficit de funcionários a nível municipal/estadual, imaginem se fosse no nivel nacional?

Se uma criança morrer em alguma UPA aguardando vaga em leito de UTI a mão do Governador de São Paulo estará manchada de sangue, pois a responsabilidade, mesmo que indiretamente é dele!

Foram 7 leitos de UTI fechados, que estão deixando de salvar vidas de seres inocentes, que ainda não conhecem incompetência e maldade humana até esse momento, mas sentirão suas consequências de modo irreversível.