Pará
Terra indígena contará com Força Nacional por mais tempo, no Pará

As tropas vêm sendo mantidas na região para ajudar na retirada de residentes, não indígenas, da Terra Indígena Apyterewa

16/01/2020 16h52

Nesta terça-feira, 14 de janeiro de 2020, em portaria do Diário Oficial da União, foi anunciado que a Força Nacional subsistira em São Félix do Xingu, sudeste do estado do Pará, por mais 180 dias, o anúncio foi corroborado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública. As Forças no local dão suporte na retirada de ocupantes ilegais na Terra Indígena Apyterewa.

Toda a ação de desintrução acontece por mandado judicial do Tribunal Regional Federal da 1ª Região. E em sua direção conta com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), a Fundação Nacional do Índio (Funai), os departamentos de Polícia Rodoviária Federal e de Polícia Federal.

A prorrogação atende a um requerimento da Fundação Nacional do Índio (Funai), que no ano de 2016 iniciou o trabalho de desocupação, retirando eventuais ocupantes não indígenas, da terra Apyterewa. A ação tinha data final calculada para 27 de janeiro de 2020, entretanto, com a nova portaria vai se expandir de 28 de janeiro à 25 de julho de 2020. A portaria também deixa claro que, caso necessário, o apoio da Força Nacional pode ser estendido novamente.