Transporte
Tarifas de transporte público podem aumentar em 50 centavos

SEMOB justifica aumento devido à crise econômica, financeira e fiscal do País

09/01/2020 21h06 - Por Jonas Fernandes

Uma má notícia para os usuários do Transportes público no Distrito Federal: a Secretaria de Mobilidade do DF (SEMOB) já estuda o aumento das tarifas de ônibus e metrô. Congeladas desde 2017, quando ocorreu o último reajuste, as tarifas poderão aumentar em R$ 0,50.

Fonte: Jonas Fernandes / MBL NEWS BSB.


O aumento se justifica devido ao enorme gasto que a pasta possui. Contando apenas os subsídios, são pagos R$ 700 milhões por ano às empresas (considerando a tarifa técnica e os benefícios de gratuidade), o reajuste reduzirá o valor desses subsídios para R$ 540.294.421.45, economizando cerca de R$ 161 milhões no mesmo período. A pasta da mobilidade também estuda reduzir o valor da tarifa técnica pago às empresas, almejando economizar R$ 40 milhões aos cofres públicos.


A pasta argumentou:

À medida que a diferença entre o custo do sistema e dos valores pago pelo usuário aumenta, há uma imediata pressão nos valores que o Tesouro Distrital precisa desembolsar para completar esse custeio. Assim, considerando a crise econômica, financeira e fiscal que passa o país e o Distrito Federal, especialmente, tal circunstância tende a dificultar sobremaneira a gestão, operação e manutenção do sistema de transporte público, um serviço essencial para toda a população da capital federal.


O governador afirmou:

Pelos estudos realizados e levando em conta o reajuste da tarifa técnica, o aumento se mostra necessário para melhorar as contas e manter o sistema em pleno funcionamento.”

O emedebista pediu que o impacto no bolso dos usuários fosse o menor possível.


Fonte: Metrópoles.