Economia » Goiás
Segurança econômica faz empreendedores goianos voltarem a investir

Microempreendedor individual volta a ter mais registros em Goiás

03/02/2020 11h35

O número de microempreendedores individuais (MEIs) em Goiás aumentou 21,6% em 2019, chegando a 327.953 segundo dados do Portal do Empreendedor. A alta se deu em praticamente todo o estado.

Para o presidente da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Goiás (Acieg), Rubens Fileti, os movimentos positivos na economia, como queda de juros, reforma trabalhista e medidas de desburocratização, criam um ambiente mais propício aos negócios. Com os juros baixos, as pessoas também estão adquirindo uma mentalidade mais voltada para investimento de risco, principalmente em empresas com bom potencial de crescimento. “Tudo isso, ajuda a economia a girar mais”, completa.

O MBL Goiás protocolou projetos de lei para desburocratizar a iniciativa privada em diversos municípios goianos e também no âmbito estadual, vc pode conferir aqui e aqui. Os projetos objetivam melhorar ainda mais este quadro.

As perspectivas econômicas no país estão despertando mais confiança no empreendedor brasileiro, que voltou investir em novos negócios. De janeiro a outubro do ano passado, 2,6 milhões de empresas foram abertas no país, 23,1% mais que no mesmo período de 2018, segundo o Indicador de Nascimento de Empresas da Serasa Experian. Isso significou a abertura de 361 empresas por hora nesse período e o movimento continua em 2020.

*Com informações do Jornal O Popular.

Química Industrial, Tatuadora, Desenhista, Cristã Reformada e aspirante a Teóloga.