Pará
Segup divulga balanço sobre criminalidade no Pará

Índice de criminalidade é o menor dos últimos dez anos

12/02/2020 10h18

Ontem (11), em uma coletiva de imprensa, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup), na voz do seu titular Ualame Machado, apresentou os índices de crimes registrados em todo o Pará no mês de janeiro deste ano. O primeiro mês de 2020 apresentou uma redução na criminalidade que, segundo o Ualame, se deve a ação integrada dos órgãos, que fazem parte da segurança pública do estado.

Titular da Segup, Ualame Machado, discursando em coletiva de imprensa. Fonte: Segup.

Em janeiro de 2020, foi registrado 198 ocorrências de crimes violentos (homicídios, latrocínios e lesão corporal seguida de morte), uma diminuição de 29% se comparado ao mesmo período no ano de 2019 e de 51% se relacionado a 2018. Além disso, nos últimos seis meses, os índices de morte devido a criminalidade foram os menores desde 2010.

Em relação a roubos, os dados obtidos também são positivos, em janeiro de 2020, houve uma redução de 25% se comparado ao mesmo período no ano de 2019 e de 43% se relacionado a 2018. A diminuição pode se melhor observada nas ocorrências a roubo em coletivos, nesse tipo de crime foi registrado uma redução de 85% e 66%, tendo como base o mesmo período dos anos de 2019 e 2018, respectivamente.

Segundo o titular da Segup, esta redução está ocorrendo devido as integrações dos órgãos como Polícia Militar, Polícia Civil, Centro de Perícias Científica Renato Chaves (CPC-RC), Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) Departamento Nacional de Trânsito (Detran) e Corpo Militar de Bombeiros. “Cada um fazendo sua parte, mas sabendo que todos têm um objetivo em comum, é que estamos conseguindo esses números positivos. Nós estamos entrando em um novo ano e os dados comprovam que estamos no caminho correto”, afirmou Ualame.

Reafirmando o discurso de Machado, o Coronel Dilson Junior, comandante geral da PM-PA, disse “intensificamos as ações da Polícia Militar, atuando em integração com os órgãos de inteligência, com a Polícia Civil, com a própria Segup e também com o sistema penal. Essa integração nos permite ter informações importantes e as operações são planejadas de acordo com os resultados das investigações”.

Outro ponto destacado para a melhoria no trabalho, foi exposto pelo delegado-geral da Polícia Civil, Alberto Teixeira, em sua fala disse que a determinação pelo aprimoramento das investigações tem sido primordial para alcançar bons resultados na segurança pública do estado. “Conseguimos identificar um número maior de autorias de crimes. Isso representa mandados de busca e de prisões que são cumpridos em todo o Estado do Pará. Além disso, temos conseguido elucidar esses crimes em um intervalo temporal menor. Quando a gente leva um criminoso à responsabilidade perante o juiz, inevitavelmente transmitimos para a população a ideia de que será penalizado aquele que praticar o crime no nosso Estado”, alegou Alberto Teixeira.