GRANDE ABC
Saiba como prevenir-se contra cursos profissionalizantes que prometem emprego no final do curso

Saiba quais precauções adotar para não cair no golpe do falso emprego

06/01/2020 10h43

GRANDE ABC – Embora o Brasil tenha encerrado o ano de 2019 com uma leve queda na taxa de desemprego – 11,9 milhões de pessoas ainda estão desempregadas e 38 milhões estão na informalidade, muitas pessoas tentam uma qualificação profissional para ampliar suas chances de recolocar-se no mercado de trabalho. E são seduzidas pelos cursos profissionalizantes que prometem emprego no final dos cursos. Mas, na prática, isso muitas vezes não ocorre e, neste caso, essas empresas violam o direito do consumidor.

A imagem pode conter: 2 pessoas
Marcio Colombo: Força e Coragem para Mudar Santo André

Como é necessário que o candidato participe de um processo de seleção, nos quais são avaliados os perfis e as habilidades dos profissionais, não há garantia de emprego; então, tal promessa funciona como uma armadilha.

(No link abaixo, reportagem do Balanço Geral sobre escola que prometia vagas de emprego em grandes empresas ao final do curso)

https://recordtv.r7.com/balanco-geral-manha/videos/xerife-do-consumidor-escola-promete-falsa-vaga-de-emprego-em-grandes-empresas-20102018#

Por serem prestadoras de serviço, essas empresas devem respeitar o Código de Defesa do Consumidor. Logo, se prometerem a recolocação após o curso e isso não acontecer, elas estarão cometendo um descumprimento de oferta.

(Outra reportagem sobre golpes aplicados por escolas que prometem vagas de emprego que não existem):

Desempregada faz curso para ter emprego prometido por empresa e cai em golpe

Para que os interessados não sejam prejudicados, a Proteste, orgão que atua na defesa dos direitos dos consumidores, indica que haja uma pesquisa antes da contratação dos serviços e que sejam verificadas informações como CNPJ e reclamações online (como o Reclame Aqui).

A imagem pode conter: texto
Prisão em 2º instância Já!

É preciso também ler todo o contrato antes de assinar e entender se a tal vaga prometida depende de outras etapas além do curso.

Mesmo com esses cuidados, faz-se necessário ainda guardar comprovantes de avaliações e cópia de documentos assinados. Caso haja algum problema, como a não recolocação no mercado de trabalho, como foi prometido, o consumidor tem direito de exigir o cumprimento daquilo que foi ofertado ou ter a restituição do valor pago.

site da Proteste: https://www.proteste.org.br/

site Reclame Aqui: https://www.reclameaqui.com.br/

(texto-base: DGABC)

Ajude-nos a continuar nosso trabalho. Contribua em: https://mbl.org.br/ajudeseunucleo/

Estudante de Letras, são-paulino, fã de System of a Down, devoto de São Dostoiévski (o maior escritor-filósofo do mundo). Intrínseco a mim: Política, Jornalismo, Filosofia e Sociologia. Sou MBL com muito orgulho.