fbpx
GRANDE ABC
Sabesp investirá 17 milhões em Santo André

Investimento em adutoras beneficiará 322 mil moradores; 35 mil são de área de manancial

13/09/2019 11h42

SANTO ANDRÉ – A quarta-feira (11), marcou o primeiro dia de operação da Sabesp em Santo André após concessão do fornecimento de aguá e esgoto pela Semasa, depois de três anos de deliberação a respeito.

Informativo no site do SEMASA

O acordo, efetivado em agosto, prevê investimento da Sabesp no município com estimativa de R$ 917 milhões durante o período do contrato, estipulado em 40 anos. O município também vai receber recursos do FMSA (Fundo Municipal de Saneamento) num total de R$ 622 milhões, aumentando o investimento para R$ 1,539 bilhão.

Com a concessão, a companhia estadual zera a dívida da cidade acumulada desde a década de 1990 com o não pagamento integral do valor da água no atacado, estimada em cerca de R$ 4 bilhões. 

INVESTIMENTO DE 17 MILHÕES EM ADUTORAS

Na quarta-feira (11), a companhia anunciou um investimento de 17 milhões de reais em adutoras com o objetivo de sanar os problemas de abastecimento de água que afetou milhares de moradores dos bairros da região – em pleno verão – e atenderá também os moradores de áreas de preservação ambiental que ainda são abastecidas por caminhão-pipa.

A primeira intervenção terá início em uma semana, com a instalação de uma adutora de 500 metros de extensão, para a região da Vila Vitória e Jardim Miguel Ângelo, onde residem cerca de 280 mil pessoas. O término dos trabalhos é previsto para novembro.

Moradores do Parque Miami e do Recreio da Borda do Campo (popularmente conhecido por Clube de Campo), estão incluídos em mais duas etapas do cronograma de investimentos. Ainda há residentes em áreas de preservação ambiental que dependem do caminhão-pipa para ter acesso ao fornecimento de água, visto que não há canalização em grande parte do bairro.

A Sabesp duplicará a adutora, também de 500 metros, para abastecer o Parque Miami e o Recreio da Borda do Campo, assim atendendo 35 mil pessoas. Em uma terceira fase nesse pacote, a área terá a implantação de redes de distribuição e ligações de água para 17 mil moradores sem abastecimento regular.

O Superintendente da Unidade de Negócio Centro da Sabesp, Roberval Tavares de Souza, afirmou que os caminhões-pipa deixarão de ser necessários após o término das instalações das adutoras:

“Temos um prazo de finalizar as obras em oito meses, até junho de 2020, e não haverá mais nenhum fornecimento de abastecimento de caminhão-tanque naquela região”, comentou.

Outro foco da Sabesp é acabar com as instalações clandestinas na distribuição de água, o popular “gato”:

“Quando a Sabesp fizer as regularizações, todas essas ligações serão cadastradas, o pessoal será orientado a ter o uso racional da água e começará a ter o pagamento”, assegurou o representante da empresa.

(texto-base: Jornal Metro)

A imagem pode conter: texto
“Não Vai Ter Golpe – O Nascimento de Um Brasil Livre”
Presenças confirmadas de Kim Kataguiri, Arthur do Val (Mamãefalei), Fernando Holiday, Renan Santos, Fred Rauh e Alexandre Santos (diretores) e personalidades da atual política nacional e regional.
Para obter o acesso a gratuidade do ingresso, é necessário cadastrar-se em
https://www.sympla.com.br/nao-vai-ter-golpe—palestra-e-exibicao__630752
(O evento é gratuito; no entanto, caso queira, você pode colaborar com uma instituição de caridade doando o valor simbólico de R$ 10,00).
Dúvidas, envie um e-mail para: mblgrandeabc@gmail.com

Veja também:

Estudante de Letras, são-paulino, fã de System of a Down, devoto de São Dostoiévski (o maior escritor-filósofo do mundo). Intrínseco a mim: Política, Jornalismo, Filosofia e Sociologia. Sou MBL com muito orgulho.