Pará
Repórter denuncia assédio contra funcionários de Secretaria do estado

Grande parte dos protestos são contra o jornalista William Serique, que foi retratado como uma pessoa que “o poder subiu à cabeça”

12/02/2020 17h13

De acordo com as apurações da repórter Dedé Mesquita, os funcionários da Secretaria de Comunicação do Pará (Secom) já não suportam o assédio verbal que ocorre dentro da instituição. Funcionários, com mais ou menos um ano de serviço, já chegaram a pedir exoneração de suas funções. Imagine que os mesmos escolheram ficar sem emprego, a suportar os abusos que vem por parte da gerência de comunicação da Secom.

Segundo o que foi informado as queixas são de berros, gritos, maus tratos, além de uma tremenda inaptidão para trabalhar em grupo. A maior parte das reclamações são direcionadas ao jornalista William Serique, que de acordo com relatos, se tornou o “secretário da secretária”, já que segue todos os comandos dados por Vera Oliveira, responsável pela Secom.

A última denúncia que se tem conhecimento foi feita por uma servidora da Universidade do Estado do Pará (Uepa), após os abusos sofridos a funcionária relatou ao reitor da instituição o ocorrido. Segundo ela, Serique além de insultar a servidora, desligou a ligação “na cara”. Dedé buscou conversar com William Serique para obter esclarecimentos, mas até o momento, nada foi declarado.