fbpx
Capital » São Paulo
Reforma do Mercadão

Após cair parte do revestimento em via pública, prefeitura de São Paulo planeja obras de emergência para o Mercado Municipal Paulistano

08/10/2019 14h47 - Por Rodrigo Vieira

(Foto: JF Diorio/Estadão)

Inaugurado em 1933, o Mercado Municipal Paulistano (Mercadão), é uma das principais atrações turísticas da cidade. Semanalmente cerca de 50 mil pessoas frequentam o local. O Mercadão é um prédio histórico tombado nas esferas municipais e estaduais.


Este ponto tão frequentado da cidade de São Paulo está necessitando de reformas urgentemente. Há algumas semanas atrás, o revestimento do Mercadão se soltou e caiu em via pública. Perante este acontecimento a Prefeitura abriu um processo para a retirada emergencial do revestimento do prédio. A solicitação foi aberta no dia 2 de setembro e será votada na próxima reunião do Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Compresp), em 14 de outubro.


Um parecer técnico do Departamento do Patrimônio Histórico (DPH), subordinado à Prefeitura, é contrário à retirada do revestimento e indica a colocação de tapumes para que peças soltas não atinjam as pessoas que passam pelo local, também prevendo a contratação imediata de um projeto executivo de restauro. No texto, o DPH ressalta que há pelo menos 11 anos a gestão municipal é alertada sobre a necessidade urgente de restauro do Mercadão.


De acordo com o DPH, o revestimento do prédio possui características que exigem “procedimentos de restauro específicos para sua manutenção adequada”. Por conta disso, a retirada da argamassa sem um projeto adequado pode “causar dano ainda maior ao edifício e seu acabamento, agravando ainda mais o quadro já instalado, motivado por intervenções errôneas”, como indica o parecer.

Revisores: Cynthia Capucho, Felipe Donadi, Leandro Luís

Fonte:JF Diorio/Estadão