fbpx
Alego » Goiás » Política
Projeto de Lei que proíbe o uso de canudos de plástico em bares, restaurantes e similares está pronto para 2ª votação na Alego

Pelo texto, os estabelecimentos ficam obrigados a substituir o canudo de plástico por material biodegradável, sob pena de advertência ou multa em caso de desobediência.

16/09/2019 22h01

De acordo com matéria publicada hoje, 16, no site da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego), o projeto de lei n° 794/18 dispõe sobre a substituição do canudo de plástico pelo de papel biodegradável e/ou reciclável em restaurantes, bares, lanchonetes e estabelecimentos similares em Goiás. O texto é de autoria do deputado Talles Barreto (PSDB) e será votado nesta terça-feira (17). Caso seja aprovado durante a sessão seguirá para sanção do Governador Ronaldo Caiado (DEM).

Segundo a justificativa apresentada na proposta, a iniciativa se dá em vista de que o canudo de plástico é uma ameaça para a natureza e para a saúde humana, por não se tratar de produto biodegradável, podendo demorar até 100 anos para se decompor.

O parlamentar explicou que “a substituição dos canudos de plástico pelo de papel biodegradável e/ou reciclável se mostra uma solução viável para redução da poluição ao meio ambiente e segurança à saúde humana, sem a criação de ônus para os proprietários dos referidos estabelecimentos comerciais”.

Da terra do pequi, 26 anos, professora, coordenadora do MBL-GO, liberal convicta e entusiasta política. Nas horas vagas: canto, bordo, faço crochê e viajo na maionese.