Rio de Janeiro
Problemas no saneamento só serão resolvidos privatizando a CEDAE, diz Witzel

A declaração foi dada durante a cerimônia de posse da nova diretoria da Amaerj (Associação de Magistrados do Estado do Rio de Janeiro).

08/02/2020 09h22

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), afirmou na tarde de hoje que os problemas de saneamento no estado só serão resolvidos com a privatização da Cedae (Companhia Estadual de Águas e Esgotos).

A declaração de Witzel foi dada na semana em que parlamentares fluminenses iniciaram manobras políticas para instaurar uma CPI que visa investigar o mau serviço prestado pela empresa.

O governador afirmou que R$ 30 bilhões serão investidos nos próximos 20 anos nesse setor. No entanto, de acordo com ele, o problema não será solucionado enquanto as ações da empresa não forem vendidas.

“Só será possível com a privatização da Cedae, pelo menos a distribuição do esgoto”, afirmou. A declaração foi dada durante a cerimônia de posse da nova diretoria da Amaerj (Associação de Magistrados do Estado do Rio de Janeiro).

Coordenador estadual do MBL no Rio de Janeiro, Estudante de Gestão Pública e defensor da Vida, liberdade e propriedade.