São Paulo
Prefeitura sanciona projeto de Holiday que acaba com o monopólio estatal para poda de árvores

A lei 17.267/20 foi sancionada pelo prefeito de São Paulo

14/01/2020 15h49 - Por Lucas Mehero

Foto: Época

Nessa quarta-feira (14), o prefeito da cidade de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), sancionou a lei 17.267/20, de autoria do vereador Fernando Holiday (DEM). O projeto acaba com o antigo monopólio estatal para poda de árvores na capital paulista, que existia desde 1987.

“Os paulistanos não serão mais obrigados a esperar pela prefeitura. Quem quiser, poderá contratar a poda de maneira legal”, manifestou o vereador em seu Twitter. Segundo Holiday, a medida abrirá o mercado de poda de árvores em São Paulo.

Em entrevista exclusiva ao MBL News, Holiday esclareceu que agora podem ser contratadas empresas para podar árvores, bem como engenheiros agrônomos para elaborarem laudos ambientais. Segundo o vereador, agora foi aberta a possibilidade de a prefeitura terceirizar esse serviço e fazer concessões da poda de árvore.


Ainda assim, existem requisitos que devem ser cumpridos para aparar as árvores da capital paulista: “Agora você vai ter que apresentar, com dez dias de antecedência, esse laudo na prefeitura, dizendo que você tem uma árvore para ser podada”, explicou Holiday. “Se em dez dias a prefeitura não responde o laudo, não envia ressalvas e não te proíbe de podar, […] você vai lá e ‘passa a foice”, brincou o vereador.

A aprovação dessa lei é mais uma dentre várias vitórias desde o início do mandato do vereador, em 2017. Desde o início de sua vida política, Holiday sempre se colocou como um agente a favor do interesse público e contra o controle estatal na economia. Até agora, o primeiro vereador eleito do MBL na capital paulista não deixou a desejar: Tanto em seus projetos de lei quanto em suas economias em seu gabinete, Holiday vem levando os princípios do liberalismo clássico à risca em todos os dias de seu mandato.

Confira a decisão do prefeito na íntegra clicando aqui

Revisores: Cynthia Capucho.