fbpx
Goiânia » Goiás
Prefeitura de Goiânia decidirá até dezembro se irá renovar com a Saneago na capital goiana

Segundo o prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB) a capital sustenta a Saneago e tem tirado de Goiânia para atender outros municípios.

15/10/2019 10h54

O contrato de concessão entre a capital goiana e a Empresa de Saneamento de Goiás (Saneago) tem vigência até 2023, mas o serviço da estatal tem sido alvo de críticas pelo prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB), que segundo ele a capital sustenta a Saneago e tem tirado de Goiânia para atender outros municípios e que decidirá até dezembro se irá renovar com a Saneago.

O MP-GO já determinou regularização de concessão da Saneago, no município goiano de Anápolis, que se encontra irregular, porém a prefeitura estuda municipalização do serviço de água e esgoto. O município de Goianésia também estuda a municipalização do serviço de Água e esgoto. Já o município de Quirinópolis rompeu com a Saneago e contratou uma empresa de Santa Catarina no lugar da estatal.

Na tentativa de convencer os Estados para a privatização de estatais, o Ministério da Economia realizou um estudo sobre eventuais ganhos para os cofres públicos com a venda de estatais de tratamento de água e esgoto. Segundo o estudo, a Saneago poderia render para o estado de Goiás cerca de R$ 6,1 bilhões com sua privatização. Tramita na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) um projeto para venda de 49% das ações da Saneago, entretanto o valor estimado com essa venda é de somente R$ 1,3 bilhão.

Química Industrial, Tatuadora, Desenhista, Cristã Reformada e aspirante a Teóloga.