fbpx
Paraná
Prefeito de Pontal do Paraná cassado pelo TRE-PR

Marcos Casquinha foi cassado por caixa 2 em ação movida pelo candidato derrotado em 2016.

25/10/2019 20h47 - Por Gederson Araújo da Silva

Na tarde da última quarta-feira (23), o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) votou pela cassação do prefeito de Matinhos Marcos Fioravante, o Casquinha, e o vice-prefeito Fábio de Oliveira. A decisão em segundo grau já é válida e quem assume a prefeitura é o presidente da Câmara de Vereadores, Fabiano Alves Maciel, até as novas eleições.

A ação foi movida pelo ex-prefeito e candidato derrotado em 2016, Edgar Rossi. Segundo a denúncia, o prefeito captou recurso de forma ilícita, o conhecidíssimo caixa 2.

No tribunal, a votação terminou empatada em 3 a 3, e o presidente. com seu voto de minerva (que serve como desempate), averiguou que nos autos haviam indícios claros do ilícito, optando assim pela perda imediata do mandato.

Nova eleições devem ser convocadas para um mandato-tampão até as eleições em 2020. Até lá, o povo de Pontal do Paraná, que tanto ouviu promessas de campanha fica sem prefeito, sem planejamento de ações, sem saber o seu futuro.