Goiás
Policia Civil apura fraudes em contratos de publicidade em órgãos públicos de Goiânia

Operação Sofisma da Polícia Civil investiga fraudes em contratos celebrados pela ABC e Detran-GO na gestão passada e envolvem ainda empresas especializadas em comunicação digital.

23/01/2020 14h10

A Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) cumpre nesta quinta-feira (23) 17 mandados de busca e apreensão que são cumpridos em Goiânia e no interior pela Operação Sofisma, que através da Delegacia Especializada em Repressão a Crimes Contra a Administração Pública (Dercap) investiga fraudes na contratação e superfaturamento de contratos assinados a partir de 2014 e 2017 entre a Agência de Comunicação (Agecom, atual ABC) e Detran-GO com agências de publicidade e com sites e blogs, em especial o Goiás 24 Horas, o Canal Gama e o Blog do Cleuber Carlos.

O objetivo desses contratos seria, segundo a PCGO, a divulgação de campanhas educativas relacionadas a diversos órgãos do Estado. Os mandados estão sendo cumpridos em órgãos públicos e domicílios dos investigados.

O Delegado da Decarp, Alexandre Otaviano Nogueira, afirmou que “Houve um prejuízo aerário de inicio de 2 milhões e 500 mil reais, porém ainda estamos apurando a quantidade e a extensão do dano”.

De acordo com Otaviano, os gestores públicos informavam às agência de comunicação intermediadoras quais veículos deveriam ser contratados para veiculação de informações. Há suspeita dos crimes de peculato, corrupção ativa e passiva, em razão do direcionamento superfaturamento dos contratos.

A Assembleia foi incluída porque um dos investigados, o jornalista Danin Júnior, é seu diretor de Comunicação Social. No entanto, o juiz determinou a intimação do presidente Lissauer Vieira para “indicar funcionário responsável por acompanhar a diligência”. A polícia acusou Danin Júnior de ser um dos “mentores” do esquema e chegou a pedir sua prisão e as de Luiz Siqueira, ex-presidente da Agecom, e a do publicitário Renato Cunha.

Em nota ABC e o Detran afirmaram que apoiam e colaboram com a operação. Em seu blog, o radialista Cleuber Carlos reclamou que a ação é “uma clara e evidente ação de união de autoridade” com objetivo político. Luiz Gama negou as denúncias e afirmou que colabora “100% com as investigações”. Em entrevista na Decarp, o jornalista Cristiano Silva disse ser vítima de perseguição política, além de negar as acusações.

Confira os alvos dos mandados de busca e apreensão da operação Sofisma:

  • Cristiano Livramento da Silva, jornalista do Blog Goiás 24 Horas
  • Marcia Regina de Paiva Bittencourt
  • João Bosco Bittencourt, jornalista e ex-presidente da ABC
  • João Furtado de Mendonça Neto, ex-presidente do Detran-GO
  • Luiz Carlos Alves, radialista 
  • Eni Isabel de Aquino Alves, radialista e mulher de Luiz Carlos Alves
  • Cleuber Carlos Nascimento, radialista do Blog Cleuber Carlos
  • Luiz José Siqueira, ex-presidente da Agecom, hoje ABC
  • Manoel Xavier Ferreira Filho, ex-presidente do Detran-GO
  • Antonio Augusto Passos Danin Junior, jornalista e ex-funcionário da Agecom
  • Carlitos Ramos Verano, publicitário 
  • Fernando Azevedo de Souza Verano
  • Maria do Socorro Correa Neves Verano
  • Danilo da Silva Dias
  • Invento Comunicação e Marketing (responsável: Renato Rodrigues da Cunha Filho)
  • Espaço Nobre Comunicação e Marketing LTDA (responsável: Cleusa Maria de Carvalho)
  • Logos Propaganda LTDA (responsável: Albertine de Paula Souza)
  • Detran-GO
  • Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego)
  • Agência Brasil Central (ABC – antiga Agecom)
Química Industrial, Tatuadora, Desenhista, Cristã Reformada e aspirante a Teóloga.