fbpx
Goiás
Plano de Paulo Guedes pode acabar com 92 municípios goianos e assusta prefeitos

Levantamento com base em dados do Tesouro Nacional aponta que podem ser extintos 92 municípios apenas em Goiás.

07/11/2019 10h47

Uma das propostas do Pacto Federativo, que foi entregue na última terça-feira (5) pelo presidente Jair Bolsonaro, e pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, prevê a redução do número de municípios com a restrição para a criação de novas cidades e a incorporação pelo município vizinho de cidades com menos de 5.000 habitantes e com arrecadação própria menor que 10% de sua receita total. A medida pode culminar na extinção de 92 municípios goianos, 37,4% das 246 existentes hoje, o que assustou alguns prefeitos de municípios do estado de Goiás.

Levantamento com base em dados do Tesouro Nacional/ O Popular

O prefeito de Aolândia, Sinomar José do Carmo (MDB) comenta sobre “prováveis prejuízos” e “preocupações” com os serviços públicos. “Sabemos que o País atravessa dificuldades, mas acho que não é essa a fórmula para solucionar”, defendeu Sinomar.

“A discussão de receita própria está equivocada, O FPM (Fundo de Participação dos Municípios) não é favor, geramos impostos com comércios, indústrias que estão nos municípios. Lutamos para que não passe no Congresso” disse o presidente da Federação Goiana de Municípios (FGM), Haroldo Naves (MDB) e também prefeito de Campos Verdes de 2459 habitantes.

Química Industrial, Tatuadora, Desenhista, Cristã Reformada e aspirante a Teóloga.