Coronavírus
Para conter o coronavírus, prefeitura deve controlar a chegada de passageiros no Aeroporto de Florianópolis

Prefeito Gean Loureiro afirma que essas medidas devem existir apesar da diminuição da demanda no aeroporto

21/03/2020 16h25 - Por Cícero Cardoso

Buscando evitar a proliferação do novo coronavírus em Santa Catarina, o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro pretende controlar a chegada de passageiros pelo Aeroporto Internacional Hercílio Luz, o maior do estado. O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira (20) em transmissão ao vivo pelas redes sociais, a medida tem como finalidade identificar pessoas possivelmente infectadas pelo vírus.

A medida, contudo, exige autorização por parte do Governo Federal, responsável pelo monitoramento e controle dos aeroportos do país. A prefeitura de Florianópolis já encaminhou um pedido de autorização ao Ministério de Infraestrutura.

“Não podemos aceitar mais ter o desembarque sem nenhum tipo de controle” disse Gean Loureiro ao NSC Total. O prefeito ainda afirmou que o controle de acesso deve ser feito em conjunto entre equipes da Vigilância Epidemiológica de Florianópolis e do Governo de Santa Catarina, além da Anvisa.

Ainda dentro das aeronaves, os passageiros deverão responder a um questionário, informando a respeito dos sintomas do coronavírus. Se existir algum passageiro com suspeita de infecção, este deverá ser encaminhado para os devidos procedimentos, como isolamento, por exemplo.

Segundo o prefeito, essas medidas devem existir apesar da diminuição da demanda. Atualmente, o aeroporto recebe cerca de 29 voos por dia, número 20% inferior a um período de normalidade. Além disso, as companhias aéreas tiveram em média uma diminuição de 50% no número de passageiros transportados por aeronaves.

Fontes: NSC Total; ND Mais.