Coronavírus » Rio Grande do Sul
Outros Municípios do RS adotam toque de recolher para conter COVID-19

Muitas Prefeituras estão recorrendo ao toque de recolher para conter avanço do coronavírus.

22/03/2020 07h00

Após a decretação de estado de calamidade pelos Governos federal e estadual, como forma de conter o avanço do novo coronavírus no País e no Rio Grande do Sul, algumas Prefeituras adotaram medidas complementares as que já haviam sido adotadas. Muitas já haviam decretado situação de emergência ou de calamidade pública, e agora optam por determinar toques de recolher, entre outras medidas.

Conforme noticiado ontem (21), o bloqueio de acessos às cidades, por meio de barricadas, também estava sendo utilizado. Mas foi proibido tanto pelo governador Eduardo Leite como pelo presidente Jair Bolsonaro. Mas os toques de recolher e a restrição do funcionamento de estabelecimentos comerciais apenas aos serviços essenciais, que devem operar com capacidade reduzida a 30%, estão permitidos.

Os prefeitos de Guaíba – José Francisco Soares Sperotto -, Dom Pedrito – Mário Augusto de Freire Gonçalves -, e São Marcos – Evandro Kuwer – editaram novos decretos nesse sentido. Nenhum dos Municípios referidos possui casos confirmados de contaminação por COVID-19. As medidas estão sendo adotadas de forma preventiva.

Até o momento, o RS registra 71 casos positivos de infecção pelo novo coronavírus, espalhados por 24 cidades gaúchas. Em São Leopoldo, a morte de uma paciente com suspeita da doença é investigada como possível primeira morte no Estado em decorrência da pandemia que matou milhares de pessoas pelo mundo e infectou mais de 300 mil.

Continue lendo…

Núcleo estadual do Movimento Brasil Livre.