Ministério Público » Rio de Janeiro
Operação mira condomínio ilegal construído pela milícia na Taquara

Capitão da Polícia Militar e mais cinco suspeitos foram presos

11/03/2020 13h05

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ), a Polícia Militar e a Polícia Civil começaram a Operação Condomínio Fechado, contra uma milícia que faz construções ilegais no Zona Oeste do Rio.

A operação conjunta tenta prender sete pessoas, mas até agora somente um está foragido. Entre os presos está um capitão da Polícia Militar.

De acordo com as investigações, o grupo criminoso construiu um condomínio na Estrada do Curumaú, na Taquara, em zona de preservação ambiental. A construção começou em 2012.

Michael Zoukas, promotor do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco), disse ao G1 que documentos foram apreendidos e que as investigações serão fortalecidas.

“Houve abertura de ruas, construção de casas, tudo isso sem autorização do poder público”, disse Zoukas.

Os terrenos no condomínio irregular eram vendidos por até R$40 mil e as casas prontas por até R$ 100 mil.

Jornalista formado pela UniverCidade, pós-graduado em Sociologia, Política e Cultura pela PUC-Rio. Formado em cinema pela New York Film Academy. Um liberal de direita que luta desde sempre pelos ideais que acredita.