Coronavírus » Justiça » Rio de Janeiro
Negada soltura de Cabral por causa do coronavírus

O ex-governador do Rio de Janeiro já ultrapassa pena de 280 anos de prisão

18/03/2020 18h26

Foi negado pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) um pedido de soltura do ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, alegando risco pela pandemia do coronavírus.

O advogado do ex-governador, Marcio Del’ambert , disse que há uma crise sanitária e risco de colapso do sistema carcerário.

Como a corte está de plantão por causa do Covid-19, a decisão foi do juiz substituto Fabio Soza.

De acordo com o juiz, não há dados que mostrem riscos de contaminação em penitenciárias.

Em nota, o advogado de Cabral criticou a decisão do magistrado e disse que “a defesa vai recorrer às instâncias superiores”.

A pena do ex-governador já passa de 280 anos de prisão

Jornalista formado pela UniverCidade, pós-graduado em Sociologia, Política e Cultura pela PUC-Rio. Formado em cinema pela New York Film Academy. Um liberal de direita que luta desde sempre pelos ideais que acredita.