fbpx
Goiás
MP-GO investiga quadrilha suspeita de desviar R$ 1,5 milhões da Prefeitura de Planaltina-GO

Com apoio da Polícia Civil de Goiás, procuradores do MP coordenaram a execução de mandados de busca e apreensão e prisão em três cidades: Planaltina (GO), Brasília (DF) e Barreiras (BA)

18/09/2019 15h28

O Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) no âmbito da Operação Chorume coordenaram na manhã desta quarta-feira (18), com apoio da Polícia Civil de Goiás, a execução de mandados de busca e apreensão em três cidades: Planaltina (GO), Brasília (DF) e Barreiras (BA). Foram 10 mandados de busca e apreensão, 6 mandados de prisão temporária e 2 mandados de prisão preventiva para desarticular uma associação criminosa suspeita de ter cometido desvio de verba pública através de fraude em licitação de empresas prestadoras de serviços de coleta de lixo e limpeza urbana na Prefeitura de Planaltina de Goiás, no Entorno de Brasília (DF), durante o mandato do ex-prefeito David Alves Teixeira Lima (PR), em 2017.

De acordo com informações do MP-GO, a investigação aponta que a prática de fraudes para celebração de dois contratos administrativos entre o município e empresas prestadoras de serviço teria causado lesão de R$ 1.491.060,00 aos cofres públicos.

Química Industrial, Tatuadora, Desenhista, Cristã Reformada e aspirante a Teóloga.