Coronavírus » São Paulo - Cidade
MP faz recomendações ao governo do estado a serem tomadas em meio a pandemia

As recomendações foram dirigidas ao governo do estado e a prefeitura de São Paulo, dentre elas, está a contratação de profissionais da saúde e compra de respiradores

20/03/2020 22h08 - Por Antonio Glenio

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) proferiu recomendações a serem tomadas pelo governo do estado e pela prefeitura de São Paulo em meio à pandemia do Covid-19, para conter o avanço da disseminação da doença e que o estado tenha condição de suportar os pacientes.

As dez recomendações são:

1 – Divulgar a necessidade do isolamento social para conter a proliferação do vírus;

2 – O governo e a prefeitura deverão informar a quantidade de leitos e de pacientes da Unidade de Terapia Intensiva (UTI);

3 – Contratação emergencial de médicos, técnicos de enfermagem, enfermeiro e fisioterapeutas;

4 – Deverão informar o número de respiradores nos sistemas de saúde, e deverão comprar mais desses aparelhos, além de comprar mais monitores multiparametrizados e bombas de infusão;

5 – Evitar aglomeração de pessoas nos transportes públicos;

6 – Deverão informar a quantidade de infectados na rede pública e privada;

7 – As redes de saúde do estado e do município deverão disponibilizar kits para teste do vírus;

8 – Serviços religiosos, academias, centros comerciais, bares e restaurantes deverão ser paralisados;

9 – Tomar medidas econômicas para atender a população mais vulnerável;

10 – Fazer campanhas publicitárias para conscientizar as pessoas a evitar deslocamentos desnecessários.

Essas medidas propostas pelo MP-SP, por meio de sua Promotoria de Justiça de Saúde Pública, visam orientar as tomadas de decisão do poder público paulista.

O estado de São Paulo, até o último balanço, registra 396 casos confirmados, 9.023 casos suspeitos, e 9 mortes pelo Covid-19.

Revisores: Felipe Donadi.

Fonte: G1