fbpx
São Paulo
MBL Sorocaba entra com uma representação no MP denunciando a “Avenida da Morte” no Jardim São Guilherme.

Av. Edward Fru Fru Marciano da Silva é conhecida pelos altos índices de acidentes e população exige melhorias na engenharia de trânsito no local.

03/10/2019 15h08

(Imagem:Ítalo Moreira)

O Coordenador do MBL Sorocaba, Ítalo Moreira entrou com uma representação no MP estadual, denunciado o descaso da URBES com a falta estrutura de ENGENHARIA DE TRÂNSITO da principal avenida do Jardim São Guilherme. No local ocorrem muitos acidentes, principalmente em dois cruzamentos próximos as rotatórias na Avenida Edward Fru Fru Marciano da Silva. Sendo um deles o cruzamento da Avenida Edward Fru Fru com a Rua Antonio Tadei; e o outro cruzamento da Avenida Edward Fru Fru com a Rua Máximo de Taté. Semanalmente acontecem vários acidentes de transito nestes dois cruzamentos, como colisões entre veículos e atropelamentos, muitos deles com vítimas gravemente feridas e até óbitos.

Há anos os moradores fazem pedidos pelo telefone 156 e recorrem até a vereadores para fazerem requerimentos a URBES, pedindo estruturas de engenharia de trânsito como radares, lombofaixas e semáforos para ajudar inibir a grande quantidade de acidentes, que acontecem nos “balões” próximos a padaria Bruna e o Supermercado São Guilherme. O próprio Ítalo registrou pedido de providências a prefeitura no começo de 2018, cujo o protocolo é o INFO-000415-2018 (https://www.sorocaba.sp.gov.br/atendimento/#/User/Request?protocolo=INFO-000415-2018&origem=1);Onde a prefeitura informou que uma equipe técnica havia comparecido ao local e iria elaborar um projeto para as melhorias na sinalização do local solicitado.No mesmo período um vereador a pedido de Ítalo Moreira fez um requerimento e a prefeitura informou que iria colocar radares no local, mas nada foi feito.

Perante a negligência da prefeitura , que nada faz para reduzir o número de acidentes que acontecem semanalmente no local, Ítalo Moreira entrou com uma representação com base em outros casos, como das cidades de Crixás (Goiás) e Santarém (Pará), onde MP interviu pedindo que a justiça determinasse medidas para que as prefeituras citadas fizessem ajustes no trânsito para melhorar a engenharia de determinadas vias e reduzir o número de acidentes.

Segundo o Coordenador do MBL Sorocaba, outro cruzamento parecido com os citados à cima onde antigamente ocorriam muitos acidentes , o cruzamento da Avenida Edward Fru Fru Marciano da Silva com a Rua Clárice da Costa Turtuoso Sartorelo , depois de ter instaladas as Marcações de Área de Conflito (MAC) , praticamente não acontece mais nenhum acidente.Ainda neste cruzamento com a rotatória, em frente da Assembleia de Deus foi instalada uma lombada que reduziu a velocidade dos veículos e aumentou a segurança dos pedestres que ali fazem a travessia de via.

Já existem vários pedidos anteriores de moradores e em especial dos comerciantes com as reivindicações deste oficio, conforme o protocolo INFO-000415-2018 feito através da Ouvidoria Geral do Município, além do oficio 150/2018-FP e outro feito no inicio de 2017, feito por um vereador a seu pedido. Inclusive existem também ofícios de outros lideres comunitários e comerciantes com o mesmo pedido ou pedido similar.

Na avenida exite também a necessidade de substituir a “faixa viva” em frente o supermercado ZAIA por uma “lombofaixa” ou semâforo, pois existe alto número atropelamentos nesse local.

Engenheiro Eletricista de Telecomunicações, MBA em Governança de TI. Trabalha a mais de 30 anos na área de Tecnologia da Informação(tanto no setor privado como público) Coordenador do MBL Sorocaba