fbpx
CPI da LAVA TOGA
MBL-GO realizará nesta terça-feira ato pela CPI da Lava Toga

Militantes da capital goiana irão se reunir, hoje (24), às 19h em frente ao prédio da Justiça Federal no centro da cidade.

24/09/2019 09h59 - Por Pabline Correia

Prédio da Justiça Federal, situado na R. 19, 244 – St. Central, Goiânia – GO | Foto: Reprodução/Google Street View

Movimento Brasil Livre – GO, juntamente com demais núcleos de diversas cidades do Brasil se mobilizam no dia de hoje para juntos realizarem ato em defesa da CPI da Lava Toga. Em Goiânia-GO, militantes irão se reunir, hoje (24), às 19h em frente ao prédio da Justiça Federal. Movimento acredita que a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o Poder Judiciário é o melhor caminho para combater a corrupção na cúpula do mesmo e tentar o impeachment de algum magistrado, uma vez que a comissão tem como plano de fundo investigar os tribunais superiores como continuação do trabalho da Lava Jato. 

Os atos irregulares de ministros do STF são elencados pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) em dois pedidos de CPI que ele protocolou no Senado – o terceiro acontecerá no próximo dia 25, amanhã. E, se você quer saber mais sobre o caso, nesta semana, a matéria de capa da revista Istoé, com cinco páginas internas, trata exclusivamente da CPI da Lava Toga. Para revista VEJA, Alessandro Vieira disse que vai à Justiça se presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), arquivar terceiro requerimento.

Antes de mais nada, que fique bem claro, o MBL não é contra o judiciário e jamais pedirá com a exemplo de grupos mais extremistas, o fim nem desta e muito menos que qualquer outra instituição. Ou seja, nossa defesa é basicamente que possíveis irregularidades sejam apuradas e que  pessoas que cometem atos irregulares, sejam expurgadas dentro do devido processo legal e não há nada de errado nisto.