São Paulo
MBL Campinas faz Abaixo Assinado pedindo alteração da Lei Orgânica do Município e a redução do número de vereadores, assessores e extinção de viaturas oficiais.

O abaixo assinado é mais uma iniciativa de Paulo Gaspar e Marcélio Leão, porta-vozes do Movimento Brasil Livre, em Campinas SP

03/02/2020 13h21 - Por Adriane Carvalho

Os porta-vozes do Mbl Campinas Paulo Gaspar(esq.) e Marcélio Leão (Dir.)(foto:Mbl Campinas)

A Câmara Municipal de Campinas, com exceção da Capital, é a mais cara do estado de São Paulo, possui 33 vereadores e o orçamento, em 2019, foi de R$ 135,7 milhões. E com o vale alimentação no valor de R$ 1.300,00 para 240 assessores, os gastos cresceram em mais R$ 3,8 milhões. Conforme blog da Rose Guglielminetti: https://blogdarose.band.uol.com.br/camara-de-campinas-e-a-segunda-mais-cara-do-estado-de-sp/

Paulo e Marcélio acompanham as sessões da câmara, semanalmente, como representantes dos munícipes, e perceberam a necessidade urgente de uma ação popular. A maioria dos vereadores não cumpre a função de fiscalizar o executivo e legislar a favor do bem público.

Apesar de já existir um projeto de redução do número de vereadores, de autoria do vereador Tenente Santini, o MBL sentiu a necessidade de ir além, e incluir também a diminuição de assessores e extinção de carros oficiais.

Em 2019, por exemplo, os vereadores aprovaram grande quantidade de leis para honrarias e nomes de ruas. Votaram contra a CPI da merenda, votaram pelo arquivamento da denúncia contra o prefeito Jonas Donizete, por suposta omissão nos desvios dos recursos do Hospital Ouro Verde.

Também não aprovaram projetos apresentados pelo MBL em conjunto com vereadores, como o Seguro Anticorrupção e a de diminuição do IPTU, entre outros.

A ação popular, que já possui apoio dos cidadãos campinenses, pede a redução do número de vereadores de 33 para 21, de assessores de 7 para 5, e extinção do carro oficial, gerando uma economia de cerca de R$ 10 milhões aos cofres públicos do Município.

Para atingir a meta, os coordenadores do movimento em Campinas, Paulo Gaspar e Marcélio Leão, vão contar com o apoio dos moradores de Campinas. “A pessoa pega o modelo do abaixo-assinado e recolhe as assinaturas”, explicou Gaspar. Segundo ele, as pessoas podem pedir o arquivo para impressão pelo e-mail mblcampinas@gmail.com ou através do WhattsApp (19) 9.7122.0663. Após a coleta de assinaturas, o morador da cidade deve enviar o documento para o seguinte endereço : Av. Mal. Rondon, 700 / sala 07 – Jardim Chapadão, Campinas – SP, 13070-173.