fbpx
Ato » Belo Horizonte » Minas Gerais
MBL BH protocola Ofício pela privatização do metrô e diminuição do preço da passagem

Na tarde de hoje (01), o Movimento Brasil Livre – Belo Horizonte (BH) protocolou um ofício pela privatização do metrô e livre concorrência no setor.

01/11/2019 17h43

Na tarde de hoje (01), o Movimento Brasil Livre – Belo Horizonte (BH) protocolou um ofício pela privatização do metrô e livre concorrência no setor.

Foto durante o protocolo. Créditos: MBL – BH

Motivado pelo aumento absurdo do preço da passagem e ineficiência do serviço o Porta Voz local, Thiago Dayrell, afirmou que: “o aumento, além de abusivo, é uma piada com a população já que a empresa detentora do monopólio não promoveu nenhuma melhoria na linha”. Será o segundo aumento considerável no preço da passagem em 2019.

No início do ano andar de metrô em BH custava ao cidadão R$ 1,80. Agora, custa R$ 3,40 podendo passar para R$ 3,70, nesse domingo (03).
A capital mineira conta com vergonhosos e ínfimos 28 KM de linha metroviária.
Leia o ofício na íntegra:

“Senhor Diretor – Presidente,
O Movimento Brasil Livre – BH é contra o aumento da tarifa do metrô em Belo Horizonte. No início do ano a passagem custava R$ 1,80 e no próximo domingo, 03/11, será elevada para R$ 3,70.
Consideramos um absurdo, pois a última estação inaugurada foi a Vilarinho no ano de 2002, e em 17 anos não foi construído nem um KM de ampliação do Metrô, que hoje tem apenas 28 KM, frente a uma população de mais de 5 milhões de habitantes da região metropolitana de BH.
Por meio desse documento, vimos repudiar e pedir o NÃO AUMENTO da passagem do metrô em BH, até que se promovam novos investimentos e melhorias neste meio transporte da Capital, tão importante para a população.
Defendemos ainda, a PRIVATIZAÇÃO e livre concorrência do metrô, visando o barateamento das passagens.
Agradecemos sua atenção ao Movimento Brasil Livre.”

Estudante de direito, jogador de futebol quando a dor nas costas permite e um liberal radical