Rio de Janeiro
Justiça do Rio paralisa investigações contra sócio de Flávio Bolsonaro

Justiça do Rio paralisa investigações contra sócio de Flávio Bolsonaro Alexandre Ferreira Dias Santini é sócio de

24/01/2020 11h34 - Por Mauro Gabriel

Justiça do Rio paralisa investigações contra sócio de Flávio Bolsonaro
Alexandre Ferreira Dias Santini é sócio de Flávio em uma loja de chocolates.

Na última terça-feira (21 de Janeiro) a Justiça do Rio de Janeiro ordenou a paralisação da investigação contra Alexandre Ferreira Dias Santini, sócio de Flávio Bolsonaro em um loja de chocolates.

A investigação que estava em curso era relativa a uma suposta “rachadinha” no gabinete do atual senador quando ele ainda era deputado estadual, na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro).

A rachadinha ocorre quando funcionários do gabinete devolvem parte do salário ao político. A defesa de ambos os citados negam que isso tenha ocorrido.

O Ministério Público suspeita que Alexandra tenha sido usado como laranja na compra da loja, que servia para lavar dinheiro da “rachadinha”.

A decisão foi tomada pelo desembargador Antônio Carlos Nascimento Amado, o mesmo diz que Alexandre não teve o direito de defesa adequado.

Vale lembrar que a decisão serve apenas para Alexandre, e não vale para Flávio e os demais envolvidos.