Coronavírus » Justiça » Rio de Janeiro » Tráfico
Justiça do Rio determina soltura de traficante por causa do coronavírus

A decisão é da Vara de Execuções Penais (VEP))

17/03/2020 16h49

Foi solto agora há pouco o traficante Rafael Alves, o Peixe, acusado de ser o chefe d tráfico de drogas da Vila Aliança, em Bangu, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Rafael deixou o Complexo Penitenciário de Gericinó por causa do risco de contaminação pelo novo coronavírus.

Segundo o G1, ele foi o primeiro a ser solto pela Vara de Execuções Penas (VER) por causa do Covid-19. O traficante cumpria pena no semiaberto, sem direito a saída à rua. A pena dele era até 2028 e foi condenado por tráfico e associação.

Peixe já é portador de uma doença chamada anemia falciforme, uma doença sanguínea hereditária. O diagnóstico foi dado pelo Departamento Penitenciário Federal (Depen).

A juíza Larissa Franklin Duarte determinou que o traficante se apresente, em até cinco dias, para colocar a tornozeleira eletrônica.

Jornalista formado pela UniverCidade, pós-graduado em Sociologia, Política e Cultura pela PUC-Rio. Formado em cinema pela New York Film Academy. Um liberal de direita que luta desde sempre pelos ideais que acredita.