Goiás » Segurança
Indicadores criminais de 2019 apontam queda de 23% em crimes letais em Goiás

O governador Ronaldo Caiado agradeceu aos policiais: “Vocês mudaram os hábitos dos goianos que viviam quase que trancafiados em suas casas e amedrontados”.

27/01/2020 14h42

O governador de Goiás Ronaldo Caiado (DEM) e o secretário de Segurança Pública Rodney Miranda apresentaram, nesta segunda-feira (27) os indicadores criminais de 2019, durante coletiva de imprensa no auditório da Fundação Tiradentes, em Goiânia.

De acordo com os indicadores, no ano passado, Goiás registrou queda nos crimes violentos, de 21,8% nos casos de homicídios, de 39,3% em casos de lesão corporal seguida de morte e de 43,8% nos casos de latrocínios. Juntos, os crimes letais caíram 23%. A taxa de homicídios por 100 mil habitantes teve queda de 21,8%.

Os casos de roubos também apresentaram quedas expressivas, sendo roubos de veículos (-57,89%), roubos a transeuntes (-45,88%), roubos de carga (-59,82%), roubos ao comércio (-39,35%), roubos a residências (-8,70%), roubos a instituições financeiras (-83,33%).

O número de prisões efetuadas cresceu 30,36% e o de abordagens 9,90%. Prisões em flagrante cresceram 7,86%. No período, mais de 6,2 mil armas foram apreendidas, evitando novas ocorrências criminais. O enfrentamento da impunidade também ganhou força em 2019, com 65,2% dos casos solucionados. Operações policiais em Goiás cresceram 214% em 2019. E a apreensão de drogas bateu record histórico.

A superintendência da Polícia Técnico-Científica concluiu 92,9% das perícias. Além disso, Goiás se tornou o terceiro estado brasileiro em cadastro de perfis genéticos de condenados por crimes sexuais.

O Corpo de Bombeiros, por sua vez, realizou 79.513 resgates, o que representa um aumento de 7,22%. A corporação também aumentou em 76,4% o número de ações preventivas. Além disso, o CBMGO combateu mais de 13 mil incêndios e realizou 16.670 ações de busca e salvação.

O secretário de Segurança Pública Rodney Miranda comemorou: “Tenho muito orgulho de estar participando desse momento histórico para Goiás”.

c

*Com informações do Jornal Opção.

Química Industrial, Tatuadora, Desenhista, Cristã Reformada e aspirante a Teóloga.