Rio Grande do Sul » Segurança
Governo Leite votou a favor do desmembramento do Ministério de Moro

O Secretário de Segurança Pública gaúcho foi um dos doze votos a favor do desmembramento do MJSP.

24/01/2020 07h30 - Por Camila Greff

O Secretário de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, Ranolfo Vieira Júnior, foi um dos presentes à reunião da última quarta-feira (22) entre o presidente Jair Bolsonaro e os secretários estaduais – sem a presença do ministro que conduz a pasta da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. Um dos assuntos discutidos e votados foi o desmembramento do Ministério de Moro. E o secretário e vice-governador de Eduardo Leite foi um dos votos a favor dessa manobra.

Conforme o presidente do Conselho de Segurança Pública ressaltou, a pauta sobre recriação do MSP era apenas uma de cinco propostas e nem era a prioritária. Ao menos não até Bolsonaro voltar sua atenção para ela e tratá-la como tema central da reunião. Dos 21 secretários de Segurança presentes, 12 foram favoráveis à redução de poderes de Moro, e apenas 9 contra. Um desses nove foi o representante do governador de São Paulo, João Doria, com quem Leite vem disputando holofotes dentro do PSDB.

Se Bolsonaro for adiante com essa manobra, reduzirá os poderes de Sergio Moro dentro do Governo de maneira considerável. Não bastasse todas as vezes em que Bolsonaro passou por cima de Moro, ignorando a promessa feita a ele e aos brasileiros de que o ex-juiz da Lava Jato seria um “super ministro” da Justiça e Segurança Pública, agora ele quer reduzi-lo quase a uma figura decorativa. E o Governo gaúcho está apoiando isso.

Fonte: O Estado de São Paulo.

Continue lendo…