fbpx
Brasília
GDF embarca na onda do desenvolvimento sustentável

O Projeto “Vem DF” permitirá que servidores públicos se locomovam utilizando carros elétricos.

09/10/2019 09h19 - Por Jonas Fernandes

Cerca de 300 servidores públicos já podem, a partir dessa segunda-feira (7), usar carros elétricos para deslocarem-se no exercício do dever. Até agora, apenas dois carros estão disponíveis, mais 16 estarão utilizáveis até dezembro.

Segundo o Governador Ibaneis Rocha (MDB), foram investidos R$ 3,1 milhões no projeto, sem custos para os cofres públicos do Distrito Federal (DF), pois os veículos foram cedidos ao governo em forma de comodato (um empréstimo gratuito e insubstituível que deverá ser restituído em um tempo especificado pelas partes da mesma forma que foi recebido), com cláusulas sobre operação, manutenção, taxas e seguros.

O secretário da Ciência, Tecnologia e Inovação Gilvan Máximo estima economia para os cofres públicos de R$ 8 milhões por ano na frota distrital.


O Carro

O modelo é o Renault Twizy, que tem autonomia de até 100 km e atinge velocidade de 80 km/h; para acessar os veículos, os servidores devem fazer reserva em aplicativo, que lhes informará os postos de abastecimento mais próximos. A previsão é a de que sejam instalados 35 postos de carregamento elétricos.

O software foi criado pelo Parque Tecnológico de Itaipu (PTI) em parceria com a Agência Brasileira de Desenvolvimento (ABDI), com uso especialmente governamental. O Governo do Distrito Federal (GDF) receberá informações sobre a quantidade de gás carbônico emitida e os dados da economia gerada.


Fonte: G1.