fbpx
Goiás
Funcionários dos Correios entram em greve mais uma vez em Goiás

De acordo com Correios 79% dos empregados continuam trabalhando e serviços não foram afetados

12/09/2019 08h16

Funcionários dos Correios entram em greve mais uma vez e por tempo determinado em pelo menos 15 cidades. Dentre alguns dos motivos incluem reajuste salarial. Segundo a Superentendência dos Correios, até à tarde de onte, quarta-feira (11), os serviços de atendimento ainda não teriam sido afetados, já que 79% dos empregados estariam trabalhando normalmente.

A deliberação ocorreu na noite de terça-feira (10), em assembleias realizadas pelos funcionários em Goiânia, Anápolis, Caldas Novas, Catalão, Goianira, Inhumas, Ipameri, Itaberaí, Itumbiara, Jataí, Mineiros, Piracanjuba, Pires do Rio, Rio Verde e Santa Helena. Segundo o Sindicato dos Trabalhadores na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos em Goiás (Sintect-Go), as reuniões contaram com cerca de 400 trabalhadores.

O sindicato disse ainda que reivindica a manutenção de todos os direitos e benefícios já garantidos nos acordos coletivos passados. De acordo com eles, os Correios querem excluir benefícios como ticket extra (vale peru), o vale cultura, o ticket durante as férias, e a responsabilidade civil em acidente de trânsito, além de diminuir a porcentagem de adicional noturno de 60% para 20% e a de trabalho em dia de repouso de 200% para 100%.

Informações são do G1 Goiás.

Da terra do pequi, 26 anos, professora, coordenadora do MBL-GO, liberal convicta e entusiasta política. Nas horas vagas: canto, bordo, faço crochê e viajo na maionese.