Pará
“Fake News” sobre COVID-19 circulam em Santarém/PA

Divulgadas pelo “Whatsapp” essas notícias deixaram a população alarmada

19/03/2020 15h09 - Por Vinícius Vinholte

No dia 17 de março, diversas pessoas relataram receber em grupos de “Whatsapp” ou no seu privado mensagens confirmando casos de Coronavírus (COVID-19) no município de Santarém.

Segundo a fonte, que não foi identificada, uma técnica de enfermagem havia sido colocada em isolamento no Hospital Regional do Baixo Amazonas, por estar diagnosticada com Coronavírus, ainda nas mensagens e áudios que foram recebidos pela população, havia a afirmação que a prefeitura estava “abafando” o caso e ameaçando os funcionários do hospital a ficarem calados, se não seria demitidos.

Confira a mensagem:

Essas informações circularam a cidade e logo um alarmismo descabido foi criado, é importante entender que mensagens de “Whatsapp” sem “link” para uma matéria jornalística não são fontes confiáveis para se informar sobre a situação do vírus no município. Feita essa obvia constatação, a Prefeitura de Santarém, no mesmo dia, desmentiu as informações divulgadas, alertando a população para evitar de divulgar “fake news”.

A equipe do MBL News Pará, entrou em contato com um funcionário do Hospital Regional que preferiu não se identificar, para averiguar as afirmações alegadas e para nenhuma surpresa elas foram prontamente desmentidas. Também vale informar que segundo a diretora do 9º Centro Regional de Saúde da Sespa (Secretaria de Estado de Saúde Pública), Marcela Tolentino, o Hospital Regional Baixo Amazonas é unidade de referência para atendimento de casos suspeitos de Coronavírus, mas só receberá casos graves. Os de baixa e média complexidade devem ser atendidos em postos de saúde e hospitais particulares de Santarém.