fbpx
Araçariguama » Corrupção » Polícia » São Paulo
Ex-prefeito de Araçariguama é preso pela segunda vez

Carlos Aymar, marido da atual prefeita de Araçariguama, Lili Aymar (PDT), foi preso em flagrante na última segunda-feira (14), junto com secretário de governo, Israel Pereira

16/10/2019 18h39 - Por João Pedro Negreiros

Carlos Aymar (Foto:Notícias de Salto)

De acordo com a Polícia Civil, Carlos e Israel exigiam no total R$ 2 milhões em propina para liberação de alvará para construção de um conjunto de 840 residências. Simulando participação no esquema, negociado por telefone, representante da cooperativa habitacional apresentou provas do pedido de propina à polícia e ao Ministério Público. Os agentes possuíam em mãos mandados de prisão temporária contra Carlos Aymar e Israel Pereira, mas encontraram R$ 14 mil, valor referente ao primeiro pagamento do suborno, em uma sacola preta no armário da sala do ex-prefeito, que foi preso em flagrante. Mesmo não ocupando nenhum cargo, ele gozava de uma sala no prédio da prefeitura. Israel foi preso quando chegava ao local.

Esse não é o primeiro imbróglio de Aymar na justiça. Em 2013, foi preso na cidade de Mairinque (SP), onde foi acusado de fraude à licitação, lavagem de dinheiro, corrupção ativa, corrupção passiva, peculato e formação de bando ou quadrilha. Porém, Aymar, negando envolvimento, não foi indiciado e o caso foi arquivado. Carlos Aymar foi prefeito de Araçariguama de 2000 a 2008.

Após a prisão do marido, o Ministério Público pede afastamento da atual prefeita, Lili Aymar.


Autor: João Pedro Negreiros
Fontes: G1, Barueri na Rede e Guia São Roque