Goiás
Escola em Goiânia suspende aulas após funcionária ser diagnosticada com coronavírus

Psicóloga de 31 anos trabalha no colégio, em Goiânia, e esteve recentemente nos EUA.

13/03/2020 08h37

Uma psicóloga de 31 anos que trabalha em uma escola particular de Goiânia, no Setor Jaó, é uma das três pessoas confirmadas com coronavírus em Goiás. Devido à situação, o colégio suspendeu as aulas nesta sexta-feira (13) para que o local passasse por limpeza e desinfecção. Agora pela manhã, um funcionário atua na pulverização de cloro ativo as paredes e muros da escola.

A escola enviou um comunicado aos pais dos alunos para informar a suspensão. Nele, a instituição explica que a psicóloga viajou aos EUA entre os dias 16 de fevereiro e 3 de março. Dois dias depois, ela esteve no colégio. O texto destaca que a profissional realiza atendimento individual e terapia de meditação em grupo, mas que após seu retorno, não houve atendimentos individuais, somente uma atividade em grupo, “sem contato físico com os alunos e por meio de comandos sonoros”.

*Com informações do G1.

Química Industrial, Tatuadora, Desenhista, Cristã Reformada e aspirante a Teóloga.