Rio de Janeiro
Enquanto China constrói hospital em dias, Rio de Janeiro tem obras inacabadas há anos

Em Queimados, na Baixada Fluminense, uma obra iniciada em 1990 ainda não foi entregue.

06/02/2020 22h32

Em contraste a China que levou apenas dez dias para construir um hospital de 34.000 metros quadrados para acolher os portadores do Corona Vírus, na cidade de Wuhan, epicentro da doença, o estado do Rio apresenta diversos casos de obras inacabadas há anos, abandonadas e sem previsão de entrega.

O projeto do Hospital Estadual da Mãe em São Gonçalo por exemplo, prometia um prédio de cinco andares, tendo um andar inteiro destinado a uma UTI neonatal, que não existe na rede pública de saúde do município, porém de acordo com os moradores, há não é visto sequer um único operário na obra.

Em nota a Secretaria estadual de Saúde afirmou que: “os projetos que começaram e não foram concluídos pela antiga gestão estão em análise técnica e financeira para identificar a possibilidade de execução”.

Em Queimados, a situação é ainda mais absurda, desde 1990 a população aguarda a finalização da construção de um hospital geral. Mesmo após trinta anos e R$ 53 milhões gastos nas obras, ainda não há nem previsão de entrega.

Em nota a prefeitura de queimados disse que: “o terreno pertence ao estado e que continuará articulando no sentido de conseguir recursos junto ao governos federal e estadual para viabilizar o projeto, haja visto que o município não dispõe de recursos para a construção e manutenção de uma unidade de saúde desse porte”.

Mauro Gabriel- MBL Rio