São Paulo » Segurança
Doria nomeia advogado comunista para ser o novo ouvidor das Polícias em SP

Elizeu Soares Lopes é membro do PCdoB e ex-secretário de Fernando Haddad

06/02/2020 20h09 - Por Cynthia Capucho

Nesta quinta-feira (6), o governador João Doria (PSDB), nomeou o advogado Elizeu Soares Lopes, para ocupar o cargo de novo ouvidor das Polícias em São Paulo. Elizeu assumirá o lugar de Benedito Mariano, e ficará no cargo por dois anos.

O Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (Condepe), enviou para o governador uma lista tríplice dos candidatos mais votados, dentre eles, estavam os nomes de: Benedito Mariano, Cheila Olalla e Elizeu. Benedito obteve nove votos, Cheila Olalla obteve sete votos e Elizeu, cinco votos. Segundo o presidente do Condepe, Benedito Mariano obteve o maior número de votos dos conselheiros.

Benedito Mariano já fez críticas ao governo. E uma de suas críticas, foi sobre o caso das nove mortes de Paraisópolis. Benedito comentou que a Polícia Militar precisava rever o modo como atua em relação a bailes funks e pancadões em São Paulo. Claramente, a crítica de Benedito Mariano não agradou João Doria, que acabou escolhendo Elizeu.

Ainda na gestão Doria, Elizeu foi demitido da prefeitura de São Paulo por intermediar o envio de um envelope com R$ 3 mil do vereador Camilo Cristófaro (PSB), para Sérgio Avelleda, ex-secretário de Mobilidade e Transportes. Elizeu Lopes também é membro do PCdoB e já foi secretário-adjunto de Promoção da Igualdade Racial na gestão do petista Fernando Haddad (PT).

Por mais que Benedito Mariano possuísse a maioria dos votos, João Doria – claramente ‘ofendido’ por críticas à seu governo – deu o troco escolhendo Elizeu para a Ouvidoria. E no final, quem pagará pelas picuinhas de Doria, é São Paulo.

Fonte: G1