GRANDE ABC
Diadema libera bares para funcionar após às 23h; lei de 2002 diminuiu em 89% os homicídios no município

Conhecida como Lei Seca, medida vigorava desde 2002 e diminuiu em 89% os índices de homicídios na região

03/02/2020 22h55

DIADEMA – A lei nº 2.107/02 ficou conhecida como Lei Seca e resultou na queda de 89% nos índices de homicídios na região. A época, a prefeitura informou que a maioria dos assassinatos na cidade, antes da aplicação da lei, ocorriam a partir de brigas, acertos de contas e por dívidas com o tráfico de drogas.

A lei foi apontada pela Organização das Nações Unidas (ONU), como uma das dez melhores políticas públicas de combate ao consumo de álcool e juntamente com outras políticas públicas, foi determinante para a diminuição no número de homicídios na cidade, que em 1999 tinha a maior taxa de assassinatos do estado de São Paulo: 102,8 mortes para cada 100 mil habitantes. Em 2018, esse índice caiu para 18,8 para cada 100 mil habitantes.

A imagem pode conter: texto
WhatsApp Marcio Colombo: (11) 9.9633-9622

Após 18 anos da lei que limita o funcionamento de bares até as 23h em Diadema, a prefeitura começou na semana passada a emissão de licenças especiais para estender esse horário. Os alvarás têm validade de dois anos e para obtê-lo é necessário que o estabelecimento já tenha licença para a atividade e atenda a requisitos de cinco áreas. Principal objetivo é estimular o comércio, segundo o governo Lauro Michels (PV).

Uma medida extremamente perigosa e temerária, pois na tentativa de estimular o comércio, pode também estimular a retomada dos homicídios na cidade. Aguardemos e esperemos sempre pela segurança e civilidade.

Ajude-nos a continuar nosso trabalho. Contribua em: https://mbl.org.br/ajudeseunucleo/

(fonte: Atlas da Violência, DGABC)

Estudante de Letras, são-paulino, fã de System of a Down, devoto de São Dostoiévski (o maior escritor-filósofo do mundo). Intrínseco a mim: Política, Jornalismo, Filosofia e Sociologia. Sou MBL com muito orgulho.