Sem Categoria
Derrota para o povo de Brasília: Governador autoritário veta sonho de Praça Marielle Franco

Segundo o confiável site do PSOL, são 150 logradouros no mundo homenageados

24/01/2020 14h14 - Por Jonas Fernandes

A “excelente” ideia partiu de alguém tão “excelente” quanto, do deputado distrital Fábio Félix (PSOL).

Muitos países já homenagearam a falecida vereadora. Tel Aviv batizou uma rua com seu nome; e Paris, um jardim de 2,6 mil m². Segundo o “confiável” site do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), são 150 logradouros no mundo todo que receberam o nome da “excelentíssima”.

Contra uma tendência mundial, o governador “ultrafascista de direita” Ibaneis Rocha vetou a criação de uma homenagem tão “necessária”, argumentando que “não há relação entre o nome da vereadora e o Distrito Federal […] a tradição é homenagear pessoas que tenham servido diretamente à comunidade do DF”.

Fábio Félix sambou na cara do fascismo e declarou: “Marielle se tornou símbolo do martírio das mulheres negras e pobres que ousam ocupar a política. Foi vítima de uma execução política que fragiliza nossa tão recente democracia. Seu nome está à altura de qualquer espaço de Brasília, como está à altura de centenas de lugares do mundo. O reconhecimento internacional de Marielle fala por si […] O veto é simplesmente negar reconhecimento à dimensão que tomou o legado da vereadora Marielle Franco. Um triste gesto para agradar quem persegue defensores de direitos humanos e despreza as garantias democráticas”.

Para derrubar o veto, Fábio Félix precisará do apoio de 14 dos 24 deputados da Câmara Legislativa.

Todas as mulheres deveriam cachear o cabelo e se vestir como Marielle, enquanto os homens deveriam ter o corte de cabelo do Fábio Félix! Devemos construir uma praça Marielle em cada esquina, pregar cartazes, erguer estátuas, 100% com dinheiro público.

Lógico que alguns podem discordar da ideia, mas eles são ANTIDEMOCRÁTICOS por isso, não é mesmo?

Admito que o único motivo de pagar impostos é para que Félix gaste R$ 3 milhões em seu mandato como distrital na CLDF, conforme aquele site fascista, o MBL News, demonstrou.

Nota do Autor:
Super concordo com o deputado Félix, Marielle é um símbolo muito grande, se os outros países a homenageiam, devemos fazer mais!


Fonte: G1